9:00 AM - 5:00 PM

Segunda à Sexta

954.667.3660

Ligue para agendar uma consulta

Facebook

Instagram

 

Processamento Consular

Moraes Pellicer Law > Processamento Consular

Processamento Consular

Se você estiver residindo fora dos Estados Unidos, você poderá ter que passar pelo processamento consular para obter um visto de imigrante ou green card. Isso requer que você compareça a horários agendados e entrevistas em seu consulado local. Isso geralmente é feito por meio de imigração em casos de família ou outros tipos, dependendo do tipo de visto, situação ou objetivos atuais. Seu consulado fará a biometria, bem como uma verificação de antecedentes e uma entrevista que requer informações sobre sua finalidade e conexões nos Estados Unidos. É melhor se preparar para esse processo com a ajuda de um advogado de imigração.

 

O que é processamento consular?

 

Como cidadão americano ou residente permanente legal, os membros de sua família podem ter direito a vistos de imigrante e green cards. Existem duas formas de sistemas de imigração baseados em família nos Estados Unidos:

 

  • Ajuste de status: converte um visto de não imigrante (como um visto de estudante, visto K-1de noivos ou visto de visitante B-2) em um residente permanente legal;
  • Processamento consular: o processo de imigração que dá aos membros da família que moram fora dos Estados Unidos um green card.

 

No Escritório de Advocacia Jamile Moraes Pellicer P.A., entendemos a importância da reunificação familiar. Como imigrantes, Jamile e sua equipe entendem pessoalmente como o processo pode ser difícil e frustrante, especialmente quando você não tem um advogado com quem possa contar, alguém em quem você possa confiar e que lhe dê cobertura. Nossos experientes advogados de imigração e equipe orientam as famílias tanto nos ajustes de status quanto no processamento consular. Nós o mantemos atualizado a cada passo da jornada.

 

Existem também diferentes processos disponíveis para empregadores que precisam de vistos para seus funcionários e para empresários e outros indivíduos altamente talentosos.

 

Se você não tiver certeza de qual processo de imigração familiar é o certo para seus entes queridos, solicite uma consulta com nossos advogados em nosso escritório Jamile Moraes Pellicer Law Firm. Ouvimos sua história e examinamos sua situação, avaliamos suas necessidades e elegibilidade e o educamos sobre suas opções legais.

 

Nossa equipe trilíngue terá prazer em ajudá-lo – falamos inglês, espanhol e português.

 

Como um advogado de imigração pode ajudar 

 

Nossos advogados e equipe de imigração orientam muitas famílias durante o processamento consular. Fazemos mais do que apenas preencher os formulários para você. Nós também:

 

  • Fornecemos informações precisas e conselhos práticos sobre a lei de imigração;
  • Ajudamos as famílias a coletar todos os documentos e evidências corretas para servir de apoio ao seu caso;
  • Cumprindo com as leis federais informamos com precisão aos nossos clientes sobre as petições e formulários de apoio;
  • Avaliamos petições rejeitadas e negadas, bem como as opções de apelação para os nossos clientes;
  • Preparamos você para a entrevista do consulado, guiando-o passo a passo durante todo o processo da entrevista.

 

Sabemos como o green card do seu ente querido é importante para você e sua família. Já estivemos no seu lugar e é por isso que trabalhamos incansavelmente para nossos clientes e gastamos um tempo significativo educando-os a respeito de seus casos e as opções legais adequadas disponíveis para eles. O processamento consular pode ser uma jornada longa e confusa – nosso objetivo é torná-lo o menos árduo possível.

 

Onde é realizada a entrevista?

O processamento consular é supervisionado pelo Departamento de Estado e pelo National Visa Center. A entrevista deve ser realizada no país de origem do seu ente querido. A embaixada ou consulado dos EUA irá processar os documentos, bem como avaliar a elegibilidade de seu familiar para um green card. Se o seu ente querido ainda está no país de origem, este não é um desafio significativo.

 

No entanto, se eles já estiverem nos Estados Unidos e não tiverem um visto válido, você deve consultar um advogado de imigração antes de iniciá-lo, pois eles poderão precisar de um pedido de perdão, antes de iniciar o processamento consular. Se o governo federal descobrir que seu ente querido vivia como um imigrante sem documentos nos Estados Unidos, ele pode impor penalidades significativas. O consulado irá impedi-los de entrar nos EUA por três anos se a permanência teve por duração entre 180 dias a um ano. Se eles foram residentes indocumentados dos Estados Unidos por mais de um ano, a barreira aumenta para cinco ou dez anos.

 

Embora seja tentador apenas mentir sobre a situação irregular de um ente querido, isso pode resultar em acusações de fraude de imigração. Em vez disso, fale com nossa equipe de imigração no Escritório de Advocacia de Jamile Moraes Pellicer P.A. Ajudamos nossos clientes a compreenderem as complexidades do sistema de imigração dos Estados Unidos e a orientá-los em seus desafios.

 

Se você está fora dos Estados Unidos e quer realmente descobrir como conseguir sua residência permanente, estamos aqui para ajudá-lo. . .

Vamos agendar sua sessão de estratégia e planejamento jurídico hoje…

Previous Project
Next Project